Home » Sala de Imprensa » CG 150 Start: lançamento Honda que vai agitar o mercado

CG 150 Start: lançamento Honda que vai agitar o mercado

Modelo de entrada da linha CG 150 traz ótima relação custo-benefício, com desempenho de CG 150 e preço de 125cc

Publicado em 25/11/2014

‹‹ Voltar

thumb_25112014-zip3.jpg

A Honda traz mais uma novidade para o mercado nacional de motocicletas e apresenta a CG 150 Start, modelo que chega como versão de entrada da família 150. O objetivo é atender aos consumidores que buscam mais desempenho em relação à linha CG 125, a um preço competitivo. Com a chegada da CG Start, os modelos CG 125 ES e ESD serão descontinuados.

A nova CG 150 Start mantém a mesma base visual e técnica da linha CG, consagrada por sua eficiência e confiabilidade. Disponível em versão única (ES) com partida elétrica, a CG 150 Start tem garantia de três anos e já está disponível em toda rede de concessionárias Honda do Brasil.

Qualidade e desempenho

A CG 150 Start utiliza o já consagrado motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, de 149,2 cm³, quatro tempos, arrefecido a ar e com comando de válvula no cabeçote. Possui injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e tecnologia FlexOne, que prioriza a economia de combustível e possibilita o abastecimento da motocicleta com gasolina ou etanol.

A potência é de 14,2 cv a 8.500 rpm com torque máximo de 1,32 kgf.m a 6.500 rpm (gasolina); e 14,3 cv a 8.500 rpm com torque máximo de 1,45 kgf.m a 6.500 (etanol). A transmissão é de cinco velocidades e a embreagem utiliza multidisco em banho de óleo. Na parte ciclística, a suspensão dianteira tem garfo telescópico com 135 mm de curso e a traseira apresenta curso de 106 mm. A CG 150 Start está equipada com freios a tambor (dianteiro e traseiro) e pneus são do tipo 80/100 – 18 (dianteiro) e 90/90 – 18 (traseiro).

A nova CG 150 Start está disponível em duas cores: preta e vermelha. O preço público sugerido é de R$ 6.350,00, com base no Estado de São Paulo sem despesas com frete e seguro. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem.

*PARA DOWNLOAD DE MAIS IMAGENS EM ALTA RESOLUÇÃO
CLIQUE AQUI

Sobre o grupo Honda no Brasil - A Honda chegou ao país em 1971 como importadora de motocicletas e já, a partir de 1976, passou a produzir em Manaus (AM), consolidando-se como líder absoluta e maior fabricante de motos do Brasil, a Moto Honda da Amazônia. Atualmente, representa a maior planta fabril do grupo em todo o mundo, com mais de 20 milhões de unidades produzidas. Desde 2001, produz, também em Manaus, modelos de motores estacionários, além de importar e comercializar geradores, motobombas e roçadeiras da marca. Um ano depois iniciou a produção de quadriciclos na unidade. Hoje, acumula o maior investimento do Polo Industrial de Manaus. Em 1992, com a criação da Honda Automóveis do Brasil Ltda., a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro também por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2013, anunciou sua segunda planta de automóveis, em Itirapina, interior de São Paulo, com inauguração prevista para 2015. Em uma iniciativa inédita no segmento automotivo no país, a empresa iniciou, no mesmo ano, a construção do seu primeiro parque eólico na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul. Para administrar as operações do parque, que irá suprir toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, foi criada a Honda Energy do Brasil. No país, também faz parte do grupo a Honda Serviços Financeiros, que reúne o Consórcio Nacional Honda, a corretora Seguros Honda, a Leasing Honda e o Banco Honda que, presentes na rede autorizada de todo o Brasil, facilitam o acesso dos clientes aos produtos da marca.

Mais Informações para a imprensa (Motocicletas Honda)
Linkpress Assessoria e Comunicação

 

Confira a Galeria de Imagens

  • Galeria de Foto
  • Galeria de Foto
  • Galeria de Foto